Apresentação dos trabalhos de tradução ao português

A versão Reina-Valera em Português 2009 (RVP-0910) é, talvez, a última tradução da Bíblia em língua portuguesa, pelo menos no âmbito brasileiro. A matriz de seu texto é a conceituada versão espanhola Reina-Valera, trazida à esfera de nosso vernáculo pela Sociedad Bíblica Intercontinental, de Barcelona, Espanha.

O projeto de tradução para a língua portuguesa iniciou-se em 1999, com a apresentação de equipe composta de tradutores da língua espanhola, pessoas ligadas às áreas de linguística e literatura, e revisores, todos também ambientados em áreas teológicas. A tradução foi feita diretamente do espanhol, com cotejamento das línguas originais e comparações com outras versões conceituadas em línguas modernas, como inglês e francês.

A coordenação dos trabalhos teve duas orientações, uma técnico-institucional, e outra línguística. A primeira coordenação ligou-se às necessidades técnicas da Sociedad Bíblica Intercontinental e foi levada a termo pela Sociedade Bíblica Intercontinental do Brasil, que então se conformava em território brasileiro. A segunda coordenação foi desenvolvida pela Unipro Editora, responsável pelo aspecto linguístico e teológico do trato textual. Fruto desse trabalho a quatro mãos, surge a bela tradução que agora é apresentada a todos os falantes de língua portuguesa.

Os trabalhos, dadas as características ímpares e sua seriedade, levaram cerca de dez anos até que as primeiras diagramações tomassem corpo impresso. Essa primeira impressão foi de suma importância para a coleta de dados de compreensão e empatia pelo texto apresentado.

A Sociedade Bíblica Intercontinental do Brasil empenhou seus cuidados em estabelecer parceria institucional que viabilizou o projeto, tanto pelo aspecto financeiro quanto logístico.

Agora é a vez de todos os falantes de português terem acesso a esta versão da Bíblia. Ela é protestante, sem cores denominacionais, e todos são convidados a lê-la, sejam protestantes, católicos ou de quaisquer princípios de fé. Cremos que a Bíblia é a Palavra de Deus, viva, eficaz e que fala ao homem em todo o percurso de sua História.

Nosso agradecimento pelo privilégio de termos trabalhado neste vasto projeto. Como nos vemos imperfeitos, aguardamos a opinião dos leitores para que, nas constantes e permanentes revisões, lapidemos sempre o texto, melhorando continuamente o trabalho final.

Que Deus a todos abençoe.